Produzido no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro - ISERJ. Nosso e-mail: cidadeeducativa@googlegroups.com

10 de abril de 2011

Bárbara dos Prazeres - uma lenda urbana

          Muita gente já ouviu falar dela. Dizem que até hoje ela assombra o Arco do Telles, local onde fazia ponto como prostituta. Tudo começou em 1788, quando Bárbara, então com 18 anos, chegou de Portugal com seu marido. Foi chegar no Rio e se apaixonar por um mulato. Não teve dúvida, matou o marido e até que viveu uma vidinha boa com o amante até que notou que o homem não só vivia às suas custas como também a traia. Mais uma vez, resolveu seu problema na base da faca.
          Mas o dinheiro de Bárbara era pouco e, sem outros recursos a não ser o da sua beleza, virou uma prostituta. Muito afamada, tinha vários clientes até que notou que o tempo estava fazendo das suas e tirando-lhe o seu sustento. Contam então que, para manter-se sempre bela, Bárbara procurou a magia negra e passou a beber sangue de crianças vivas, acreditando que assim obteria a eterna juventude.
          Há quem jure que a via à espreita na Roda dos Expostos da Santa Casa, lugar onde depositavam bebês rejeitados.

Segundo a Wikipédia, "a roda dos expostos consistia num mecanismo utilizado para abandonar os recém-nascidos que ficavam ao cuidado de instituições de caridade. O mecanismo, em forma de tambor, giratório, embutido numa parede, era construído de tal forma que aquele que expunha a criança, não era visto por aquele que a recebia." Desenho de Thomas Ewbank (1845)
          Passados todos estes anos, a lenda de Bárbara dos Prazeres povoa o Arco do Telles...
A visita ao Arco do Telles é recheada de histórias curiosas.
          Milton Teixeira, um importante guia turístico da cidade do Rio de Janeiro, montou um roteiro por onde passa pelos locais onde habitam os fantasmas do Rio. Bárbara dos Prazeres é um deles.
           A personagem também excitou a imaginação de Ruy Castro que a colocou em seu romance "Era no tempos do rei" como amante do rei D.João VI. O livro foi adaptado e se tornou um musical.
A trama do musical gira em torno de um golpe da rainha Carlota Joaquina para tirar Dom João do trono, contando para isso com a ajuda de um amante seu, um diplomata inglês. Realidade e ficção se misturam. A prostituta Bárbara dos Prazeres foi interpretada por Soraya Ravenle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário