Produzido no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro - ISERJ. Nosso e-mail: cidadeeducativa@googlegroups.com

10 de janeiro de 2012

Centro Cultural Indígena - Vida na Aldeia Maracanã - Almoço Apurinã

A Aldeia Maracanã 
Estas fotos fazem parte de uma reportagem sobre a Aldeia Maracanã (http://zequinhabarreto.org.br/?p=14384) 
Ocupação "Aldeia Maracanã" no terreno do antigo Museu do Índio, edifício ao fundo da imagem.  Foto: Renan Oliveira. (http://zequinhabarreto.org.br/?p=14384) 
Afonso Apurinã, que está desde o início da ocupação, com o estádio Maracanã ao fundo. Foto: Renan Oliveira. (http://zequinhabarreto.org.br/?p=14384)
Urutau Guajajara, mestrando em linguística na Uerj e professor da língua Tupi na ocupação do Museu. Foto: Renan Oliveira.((http://zequinhabarreto.org.br/?p=14384)
***
O vídeo abaixo, capturado no YouTube (há muitos outros), mostra a gastronomia apurinã e a presença da vegetação na Aldeia Maracanã, fundada por indígenas de várias etnias, localizada no Rio de Janeiro, no bairro do Maracanã.
Resenha
Quem passa e olha, não vê a beleza dentro do Centro Cultural Indígena. Ali existem várias espécies de plantas medicinais e outras que os próprios indígenas plantam e colhem para o seu dia a dia. As ocas estão presentes, e isso é fácil de ser comprovado quando falamos com várias etnias neste espaço cheio de paz! Na Aldeia Maracanã uma vez por mês tem a contação de história, que é apreciada por todos que ali passam, inclusive tem até mesmo o Teatro de Bonecos para o público infantil. O almoço normalmente é o peixe feito na folha de bananeira pela etnia Apurinã. Como se pode ver, o Centro Cultural Indígena está cada vez mais presente na vida daqueles que sentiram o gosto pelo verdadeiro conhecimento de nossa história e nem os livros contam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário